Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP

Webmail    |    Intranet

 

Equipamentos multiusuários FAPESP

ICP-OES com vista axial, Marca Varian, Modelo Vista MPX

Processo FAPESP:
04/09273-0
Descrição do equipamento:
ICP-OES com vista axial, Marca Varian, Modelo Vista MPX.
Emprego:
Determinação multielementar (macro e micronutrientes de plantas, metais pesados e outros elementos – exceto N) em extratos ácidos ou aquosos.
Responsável:
Dra. Monica Ferreira de Abreu
Laboratório de Fertilidade do Solo
e-mail: monica@iac.sp.gov.br Telefone: (19) 21370753
Localização do equipamento:
Instituto Agronômico de Campinas
Centro de Solos – Edifício D. Pedro II
Av. Barão de Itapura 1481 – Bairro Guanabara, Campinas - SP
Forma de treinamento:
Treinamento básico na técnica e no uso do equipamento pelo analista do IAC ou pesquisador responsável pelo uso do equipamento no evento da leitura das amostras do interessado
Forma de rateio dos custos operacionais:
Por se tratar de equipamento bastante delicado, o laboratório do IAC fornece o técnico treinado para operação do equipamento. O interessado é responsável pelo custeio das soluções para as curvas de calibração para todos os elementos que desejar quantificar bem como outros consumíveis que venham a ser necessários para a determinação em suas amostras. O interessado poderá acompanhar as várias fases da análise.
Formas de acesso ao equipamento:
Contatar o pesquisador responsável para agendamento e avaliação dos custos operacionais. Haverá tempo de espera conforme disponibilidade do equipamento, de até 30 dias.
Normas de uso:
  • Aplicável somente a extratos ácidos ou aquosos
  • Caso haja necessidade de diluição dos extratos, esta reponsabilidade cabe ao interessado;
  • Operação por técnico treinado do IAC;
  • Agendamento com o pesquisador responsável;
  • Custos operacionais por conta do interessado, bem como reposição de material que venha a ser danificado;
  • O IAC não disponibiliza amostras certificadas para leitura;
  • Sujeito ao horário de expediente, de segunda a sexta das 8:00 as 17:00 h.

Cromatógrafo de íons, marca: Metrohm, modelo composto por diversos módulos

Processo FAPESP:
04/09272-4
Descrição do equipamento:
Cromatógrafo de íons, marca: Metrohm, modelo composto por diversos módulos
Emprego:
Análise de ânions comuns (fluoreto, cloreto, nitrito, nitrato, sulfato e fosfato) em soluções aquosas diluídas, como solução do solo, com detecção por condutividade.
Responsável:
Dra. Aline R. Coscione
Laboratório de fertilizantes e resíduos
e-mail: aline@iac.sp.gov.br Telefone: (19) 21370711
Localização do equipamento:
Instituto Agronômico de Campinas
Centro de Solos – Edifício Conselheiro Antonio Prado
Av. Barão de Itapura 1481 – Bairro Guanabara, Campinas - SP
Forma de treinamento:
Treinamento básico na técnica e no uso do equipamento pelo analista do IAC ou pesquisador responsável pelo uso do equipamento no evento da leitura das amostras do interessado.
Forma de rateio dos custos operacionais:
Por se tratar de equipamento bastante delicado, o laboratório do IAC fornece o técnico treinado para operação do equipamento. O interessado é responsável pelo custeio das soluções para as curvas de calibração para todos os elementos que desejar quantificar bem como outros consumíveis que venham a ser necessários para a determinação em suas amostras. O interessado poderá acompanhar as várias fases da análise.
Formas de acesso ao equipamento:
Contatar o pesquisador responsável para agendamento e avaliação dos custos operacionais. Haverá tempo de espera conforme disponibilidade do equipamento, de até 30 dias.
Normas de uso:
  • Aplicável somente Soluções aquosas diluídas. O interessado deve informar a condutividade das amostras previamente, a fim de que estas sejam diluídas previamente à análise;
  • Caso haja necessidade de diluição dos extratos, esta reponsabilidade cabe ao interessado;
  • Operação por técnico treinado do IAC;
  • Agendamento com o pesquisador responsável;
  • Custos operacionais por conta do interessado, bem como reposição de material que venha a ser danificado;
  • O IAC não disponibiliza amostras certificadas para leitura;
  • Sujeito ao horário de expediente, de segunda a sexta das 8:00 as 17:00 h

Forno de micro-ondas laboratorial, Marca: CEM, modelo: Mars 5

Processo FAPESP:
04/09272-4
Descrição do equipamento:
Forno de micro-ondas laboratorial, Marca: CEM, modelo: Mars 5.
Emprego:
Digestão de amostras pelo método EPA3051a (solos, resíduos, fertilizantes, material vegetal).
Responsável:
Dra. Aline R. Coscione
Laboratório de fertilizantes e resíduos
e-mail: aline@iac.sp.gov.br Telefone: (19) 21370711
Localização do equipamento:
Instituto Agronômico de Campinas
Centro de Solos – Edifício Conselheiro Antonio Prado
Av. Barão de Itapura 1481 – Bairro Guanabara, Campinas - SP
Forma de treinamento:
Treinamento básico na técnica e no uso do equipamento pelo analista do IAC ou pesquisador responsável pelo uso do equipamento por agendamento prévio antes evento da digestão das amostras do interessado.
Forma de rateio dos custos operacionais:
Por se tratar de equipamento bastante delicado, o laboratório do IAC fornece o técnico treinado para operação do equipamento. O interessado é responsável pelo custeio ácido de qualidade superior, papel de filtro para utilização em suas digestões, bem como frascos com tampar para armazenamento dos extratos bem como outros consumíveis que venham a ser necessários para a determinação em suas amostras. O IAC disponibiliza água ultrapura e vidraria no local, que deverão ser retornadas intactas e limpas imediatamente ao término das digestões. O interessado poderá realizar a extração sob supervisão do técnico treinado para operação do equipamento.
Formas de acesso ao equipamento:
Contatar o pesquisador responsável para agendamento e avaliação dos custos operacionais. Haverá tempo de espera conforme disponibilidade do equipamento, de até 30 dias.
Normas de uso:
  • Aplicável a solos, resíduos, fertilizantes, material vegeta;
  • As amostras do interessado devem ser previamente secas e moídas para passar em malha de 2,0 mm. Estas etapas não são realizadas no laboratório do IAC;
  • Operação por técnico treinado do IAC;
  • Agendamento com o pesquisador responsável;
  • Custos operacionais por conta do interessado, bem como reposição de material que venha a ser danificado;
  • O IAC não disponibiliza amostras certificadas para digestão;
  • O serviço de determinação de quaisquer elementos nestes extratos NÃO está incluído;
  • Sujeito ao horário de expediente, de segunda a sexta das 8:00 as 17:00 h.

Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600