Portal do Governo | Investe SP | Cidadão SP | Internacional SP

Webmail    |    Intranet

 

IAC realiza o Workshop Macaúba, Oportunidades e Desafios em parceria com CTBE

 

 
O Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, realiza nesta quarta-feira, 7 de junho, o Workshop Macaúba, Oportunidades e Desafios, em parceria com o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE). O evento será realizado na sede do CTBE, em Campinas, das 9h às 18h.  O objetivo é apresentar para empresários e pesquisadores o potencial da macaúba, que pode ser inteiramente aproveitada, incluindo a polpa, a casca e o óleo. Os interessados podem acessar a programação no site: http://pages.cnpem.br/wectbe/macauba-programacao/.
O pesquisador do IAC, Carlos Augusto Colombo, afirma que a palmeira tem possibilidades que envolvem a produção de biocombustível e de matérias-primas para as indústrias farmoquímica e alimentícia, além da utilização das fibras da macaúba. “A planta deverá ocupar papel de destaque na economia brasileira, assim como o dendê ocupa para alguns países asiáticos”, diz Colombo.
O IAC participa do Projeto de desenvolvimento sustentável de cultivo de macaúba, aprovado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) e pelo Governo Federal da Alemanha, por meio do Ministério da Ciência e Educação (BMBF). As atividades no âmbito desse projeto de cooperação internacional tiveram início neste ano e deverão ser finalizadas em 2019. “A macaúba é uma das plantas de maior potencial para produção de biodiesel, podendo render quase 26 vezes mais óleo do que a soja”, afirma o pesquisador do IAC.
Atualmente, no Brasil, a palmeira é plantada comercialmente apenas no Estado de Minas Gerais. Os organizadores do evento destacam a necessidade de conhecer mais os aspectos biológicos da espécie, a mecanização das atividades de plantio e colheita, as aplicações industriais dos seus diversos produtos e os aspectos legislativos que facilitem a implantação da sua cadeia de produção. É preciso também buscar por oportunidades de financiamentos, tanto para o plantio como para a pesquisa. “Vencer estes, dentre outros desafios, permitirá que a macaúba possa ser empregada como fator de desenvolvimento regional e ser protagonista em ações de políticas públicas adequadas”, diz Colombo.
Para o secretário de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, o plantio da macaúba poderá representar, em futuro próximo, uma fonte de renda para os produtores paulistas. “E isso não será apenas para o Estado de São Paulo, outras regiões poderão ser beneficiadas pela pesquisa paulista, como recomenda o governador Geraldo Alckmin”, diz.
Serviço:
Evento: Workshop Macaúba, Oportunidades e Desafios
Data: 07/06/2017, a partir das 9h.
Local: Rua Giuseppe Máximo Scolfaro, 10.000, Campinas
 
 
 

Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600