Webmail    |    Intranet

 

Volta às aulas: período coincide com colheita de hortaliças que rendem refeições saudáveis

Por Mônica Galdino (MTb 47045) e Carla Gomes (MTb 28156) – Assessoria de imprensa IAC

O mês de julho está chegando ao fim, assim como as férias escolares. Para muitas famílias, é hora de voltar à rotina. Ao retornarem para as escolas e creches, as crianças encontrarão refeições balanceadas em seus refeitórios e cantinas. A época de volta às aulas coincide com o melhor período de sazonalidade de vários produtos hortícolas, segundo o pesquisador do Instituto Agronômico (IAC), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Luís Felipe Villani Purquerio.

Isso por que as temperaturas estão amenas e o tempo está mais seco, condição que favorece a produção de hortaliças. “Esse período proporciona melhor fitossanidade para determinadas frutas e hortaliças ”, afirma. Esses produtos proporcionam deliciosas sopas, refogados e saladas não só para os estudantes, mas para a população em geral. Entre os produtos da estação, o pesquisador do IAC, da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA) destaca alface, rúcula, couve, almeirão, batata, cenoura, mandioquinha, cebola e morango — todos estão na fase de produção e colheita.

“A sazonalidade está relacionada à época de cultivo e as condições de temperatura e chuva. Na melhor época (seca e fria) hortaliças são colhidas exatamente no tempo certo e nas condições climáticas ideais, o que proporciona um sabor melhor”, explica. As melhores produções nesta época do ano ocorrem nos diversos sistemas de produção agrícola, como convencional e orgânico.

Esse melhor desempenho resulta em preços mais acessíveis para os consumidores. Entretanto, para os produtores essa fase mais produtiva não coincide com renda maior, justamente porque o aumento do volume de produtos faz o preço cair.

Sede do Instituto Agronômico
Avenida Barão de Itapura, 1.481
Botafogo
Campinas (SP) Brasil
CEP 13020-902
Fone (19) 2137-0600